Escolha uma Página

Categoria

Estratégias
Como analisar seu próprio Site (com dicas de ferramentas)

Como analisar seu próprio Site (com dicas de ferramentas)

Quantas vezes você já pediu para sua família e amigos olharem e comentarem seu site e não recebeu mais do que comentários vagos que não ajudaram muito? É frustrante.

E quando você mesmo tenta analisar seu site com um olhar crítico, é difícil saber por onde começar e ser objetivo em relação à sua marca, a usabilidade e ao design, especialmente se você mesmo o criou.

Você pode começar perguntando para um amigo que você confia e que de preferência esteja no mercado que você atua, para que as críticas construtivas sejam também acionáveis.

Analisar um site é muita intuição e visão baseada em experiência, mas nesse post listei os pontos principais que analiso quando reviso um site.

PROPÓSITO E PROPOSTA DE MARCA

Todo mundo sabe que temos 9 segundos para prender a atenção de um visitante na página inicial.

Embora ainda existam designers que preguem a regra de que sua oferta precisa estar logo na primeira seção do site, sem que o visitante precise rolar a página, esse approach vem perdendo força.

Estamos cada vez mais acostumados a rolar as páginas, principalmente no celular. Por isso acho mais efetivo dizer o que você faz e como você faz logo de cara.

Essa informação é vital para sua marca e deve aparecer no topo da home page. É a chance compartilhar o seu “porquê” e dizer às pessoas o que te diferencia dos seus concorrentes.

 

IMPACTO VISUAL

Esta é uma daquelas coisas mais intuitivas e difíceis de medir.

A regra de ouro hoje é “menos é mais”.

Vejo muitos sites com mais de 10 imagens rodando na primeira página (os terríveis sliders) ou um combinado de imagens e ideias que não combinam, só para tentar chamar a atenção das pessoas antes que elas saiam do site.

Conhece o termo taxa de rejeição? Refere-se aos visitantes que saem do site imediatamente sem clicar ou rolar a página.

Se você apresentar muitas ideias de uma vez, a sua taxa de rejeição será alta. Em vez disso, seja ousado e seletivo. Acredite em seu produto ou serviço e o que você tem a dizer sobre ele. Uma única imagem e uma declaração simples e sincera terá muito mais impacto do que uma apresentação de slides sem fim ou uma mensagem complicada.

 

LINGUAGEM

Se você oferece um trabalho que é mais visual, como design ou fotografia, é fácil assumir que “não sou escritor” e fazer um conteúdo mais ou menos para seu site.

Só que pessoas compram de pessoas e de experiências, e você precisa aproveitar todas as oportunidades para se conectar com seu cliente ideal. Esqueça o que é “profissional”.

Seja mais informal e não perca nenhuma oportunidade de colocar personalidade no seu site.

Um bom exemplo é a mensagem de sucesso que você vê depois de enviar um formulário de contato. Muitas vezes é deixado na configuração padrão, que é “Seu formulário foi enviado com sucesso”.

Mas, é essa mesmo a última mensagem que você quer que alguém veja quando sai do seu site?

 

NAVEGAÇÃO

O segredo aqui é fazer as pessoas darem o mínimo de cliques possíveis para navegar e colocar os itens do menu na ordem que você deseja que elas sigam para experimentar seu site.

Certifique-se de que as áreas para as quais seus visitantes provavelmente vão retornar sejam acessíveis com um único clique, como por exemplo, a página de Serviços ou a página de Contato.

Ter “chamadas para ação” claras em todas as páginas é muito importante para sua navegação. As frases de “chamada para ação” não precisam ser muito marqueteiras ou forçando vendas.

No final da sua página Sobre, você pode dizer algo como “Veja meu Portfolio”, por exemplo.

E, se SEO for importante para você, não use palavras alternativas para partes importantes do site. Dar o nome de “Notícias” ou “Artigos” na sua página de Blog, por exemplo, pode dificultar que suas postagens sejam encontradas pelo Google.

 

TIPOGRAFIA

Como este não é um post sobre como escolher fontes, vou me limitar ao básico em relação a esse tema tão importante.

Só quero deixar anotado que a escolha das fontes deve acontecer bem antes de começar a criar seu site.

Muitas vezes vejo sites que usam várias fontes diferentes sem querer, porque elas são muito parecidas. Anote suas fontes em algum lugar de fácil acesso para não acontecer isso com você.

Tenha no máximo três fontes, a menos que você realmente saiba o que está fazendo. O segredo para ter uma tipografia agradável é dar atenção aos detalhes. Não ignore itens pequenos como os menus e os botões. Deixar as fontes padrão que não são as que você escolheu, pode resultar em uma aparência confusa.

 

FACILIDADE DE USO NO CELULAR

Isso nos leva a discutir a usabilidade em dispositivos móveis. Ninguém tem todos os dispositivos móveis do mercado para testar em tempo real, mas é possível saber, usando o Google Analytics, quais dispositivos as pessoas estão usando para visitar seu site.

Para uma visão abrangente do seu site em vários dispositivos, tente apertar o F12 no seu teclado para abrir o Google Developer Tools e veja como ele ficaria em vários dispositivos.

Com mais de 80% das primeiras visitas acontecendo em dispositivos móveis, você não pode deixar que a experiência de seu visitante pelo celular seja decepcionante.

Ter que aplicar zoom para ver o texto é irritante e, com o Google Mobile First Index em funcionamento, sites não responsivos serão punidos pela ferramenta.

O ideal é escolher uma plataforma de website que permita o ajuste para celular e tablet separadamente. Muitos temas em WordPress como o Divi, ProPhoto6 e Showit te deixam fazer isso.

VELOCIDADE

Com o uso de dispositivos móveis superando as visualizações em desktop, um site que carregue rápido é crucial e o tamanho das imagens costuma ser o principal vilão. Sempre otimize suas imagens usando ferramentas de compressão como Tinypng ou mesmo o Photoshop.

E não se esqueça de testar a velocidade do seu site usando Pingdom ou Website Grader.

 

Conclusões Finais

Não existe site perfeito. O que existe é site em aperfeiçoamento. Por isso, revise esses pontos sempre que sentir que alguma coisa mudou na sua empresa ou que já é hora de iniciar uma nova fase de crescimento online. Lembre-se: seu site é sua casa e é sua responsabilidade mante-la arrumada!

Achou que esse post te ajudou? Se você faz mais alguma coisa para analisar seu site, me conte nos comentários!

7 Formas de Gerar Tráfego para seu Site, sem Gastar com Anúncios

7 Formas de Gerar Tráfego para seu Site, sem Gastar com Anúncios

Quando colocamos nosso primeiro site no ar, temos essa emoção de estar online pela primeira vez e ser encontrado por pessoas desconhecidas!

Queremos compartilhar com  todo mundo nossas conquistas e conhecimentos. O site faz parte de nossa estratégia de crescimento e se torna nosso principal aliado na luta pela visibilidade digital.

Aí começa o pesadelo. Cada dia que você olha seu google analytics, tem 3 visitas, 2 visitas, 5 visitas.. e não sai disso.

O que é preciso fazer então para melhorar o tráfego no seu site, ANTES de você ter que pagar para fazer anúncios?

Nesse post listo 10 formas de aumentar tráfego para seu site!

Uma nova fase!

Normalmente um novo site nasce junto com uma nova fase de nossas vidas. Seja empreendendo ou simplesmente colocando nossos produtos e serviços na internet, um Site novo vem cheio de expectativas!  Será que vai bombar? Será que vai aparecer no google quando me procurarem? Vou ser encontrado?  Essas são só algumas das altas expectativas que colocamos no lançamento da nossa casa digital. E o fato é que somos muitos… estamos em quase 2 bilhões de sites criados no mundo (e isso foi quando eu dei uma espiadinha aqui para saber. Com certeza deve ter passado dos 2 bilhões já!) – e se destacar está cada vez mais difícil.

Há uma série de ações que você pode tomar HOJE MESMO para melhorar o tráfego do seu site sem pagar anúncios.

 

Ação 1: Gere Conteúdo Relevante e de Qualidade

Conteúdo é tudo aquilo que você gera de conhecimento, apoio e informação, em formato digital que possa ser compartilhado. No caso de um site, o principal formato de conteúdo é um POST de Blog (como esse que você está lendo agora). Bons conteúdos são aqueles relevantes para seu público. Ao serem relevantes irão atrair mais pessoas para seu site. Por isso escreva sobre o que você sabe e compartilhe para que mais pessoas visitem sua página! Se acha que não tem dom para escrever ou simplesmente não tem tempo de se dedicar a isso, tem um monte de profissionais maravilhosos prontos para te salvar com conteúdos incríveis e engajadores!

Ação 2: Atualize o Site com Frequência

O que tem no seu site hoje é a mesma coisa há quanto tempo? Ter novidades frequentemente é o que fideliza seus clientes. No caso de artigos, tente no mínimo 1 texto a cada 15 dias. E se for um site de produtos, coloque novidades todos os dias se possível. Quanto mais colocamos informações que ajudem as pessoas, mais elas irão visitar e buscar o que você tem feito de novo. E o lugar onde elas vão buscar isso é no seu site.

Ação 3: Crie Bons Títulos com Palavras Chave

Se no seu marketing, o conteúdo entra como principal estratégia, criar títulos que chamem a atenção dos seus leitores é uma excelente forma de trazê-los para seu site. Com palavras chave do seu nicho colocadas no título, as chances do seu artigo sair como resultado de busca no google aumenta e consequentemente seu tráfego também.  Nesse post super completo do site Viver de Blog, tem uma receita infalível de como criar títulos impossíveis de serem ignorados. Vale a leitura!

Ação 4: Escreva para Outros Sites

Se a sua praia é escrever mas o seu site ainda está um pouco às moscas, pode ser uma solução legal ser colunista de um site maior. Tem muitos sites no Brasil que vivem de artigos de colunistas que são blogueiros em seus próprios nichos. Isso é uma mão na roda para quem está começando porque ao escrever para outro site, você tem que escrever sua biografia e mais pessoas ficam conhecendo seu trabalho e podem visitar sua página diretamente. Uma super ajuda para quem ainda não tem visibilidade.

Ação 5: Otimize o Site com Palavras Chave

Técnicas de SEO básicas podem ajudar com a atração do público certo. Todo site quando vai ao ar é mapeado pelos robôs do google, os crawlers, e eles estão 24horas lendo e buscando conexões entre os assuntos para poder oferecer os melhores resultados de busca. Para isso ele cruza o que nós escrevemos no site com aquilo que as pessoas escrevem na barra de busca. Quanto mais parecido seu contéudo for com a frase colocada na barra de busca, mais probabilidade do seu site sair como um resultado para essa pessoa. Por isso é importante conhecer as palavras chave que seus clientes usam para buscar seus produtos e serviços. E mais importante ainda é usar essas palavras nas páginas do seu site. Se você quer saber como buscar e aplicar palavras chave no seu site, entre em contato comigo que terei o maior prazer em ajudar!

 

Ação 6: Participe de Fóruns de Discussão

A quantidade de gente precisando de informações sobre tudo é uma coisa de louco na internet. Fóruns são ótimos para você mostrar que domina um assunto e conseguir chamar a atenção de mais pessoas. Logo elas irão atrás de você e encontrarão seu site. Esses bolsões de perguntas e respostas também são ótimos para você tirar ideias de post para o seu blog.

Ação 7: Esteja Presente nas Redes Sociais

Facebook, Instagram, Linkedin, You Tube – são lugares que levam gente para seu site. Compartilhe seu site, seus textos, seus serviços nas redes sociais com frequência.  Quanto mais compartilhar mais pessoas irão fazer uma visita para saber mais sobre você. E nas redes cabe a mesma estratégia dos fóruns. Você pode entrar nos grupos do facebook onde estão presentes seu público alvo e conversar com eles, dar dicas, ajudar e convidar para visitar seu site. Mais tráfego!

 

Tenho certeza que essas ações vão te ajudar a trazer mais visitas para seu site. Porém esse esforço não pode ser em vão. Acompanhe suas métricas de crescimento pelo Google Analytics para saber se está no caminho certo. Todo site pode se cadastrar gratuitamente no google analytics e começar a gerar estatísticas de tráfego. Só conseguimos melhorar aquilo que conseguimos medir, por isso tenha o hábito de anotar em uma planilha as principais métricas do seu site dentro do google analytics.

E se precisar de ajuda com isso também, estou por aqui!

Essas foram as 7 dicas de como aumentar o tráfego para seu site – sem gastar em anúncios!

Espero que goste e compartilhe! E para ficar por dentro de tudo o que ando fazendo por aqui, curta minha página no facebook!

Como Turbinar Seu Instagram Organicamente Em 10 Passos

Como Turbinar Seu Instagram Organicamente Em 10 Passos

Você sabe como gerar engajamento no seu perfil comercial do Instagram de maneira orgânica? Nesse post listo 10 maneiras para você turbinar seu Instagram organicamente.

Muitos empreendedores, especialmente os que estão iniciando sua jornada digital, ainda acreditam que as suas ações nas redes sociais só gerarão engajamento e conversão se investirem em posts e anúncios pagos, o que tem gerado medo de começar ou início equivocado e desperdício de recursos. Mas, esta crença não é real, existem algumas excelentes ações orgânicas que se alimentadas com frequência alcançarão resultados expressivos.

Como uma rede social baseada em imagens, o Instagram permite que empresas apresentem seus produtos ou serviços aliando criatividade com baixíssimo custo de investimento e, ainda assim, construir a identidade visual do seu negócio. Além disso, você pode usar a rede para se comunicar diretamente com seu público ideal, construindo uma relação de confiança para sua marca. Não há melhor maneira de fazer isso no início do que usando a criatividade sem onerar seu orçamento, para isso, não perca este passo-a-passo para turbinar seu perfil organicamente:

1 – Fotos de qualidade:

Post com imagens de qualidade em mídias sociais entregam até 180% mais engajamento – investir num bom smartphone e usar da criatividade nos editores de imagens destacarão suas publicações.

2 – Linguagem apropriada:

O visual está em primeiro lugar, mas uma legenda significativa terá um grande impacto – escolher o tom correto da comunicação com o seu público e, novamente, abusar da criatividade na comunicação é a sacada;

3 – Hashtags inteligentes:

Além das hashtags do seu nicho, use hashtags interativas, mas mantenha-as simples e relevantes para sua marca. #TagsforLikes #Like4Like #Followme e similares são ineficientes e pegam mal;

4 – Conte uma história:

Apresente as imagens relacionadas à sua marca de forma consistente e que sempre leve a construção da sua identidade, montando uma grande história sobre seu negócio;

5 – Procure seguidores qualificados:

Ao buscar pelas hashtags específicas do seu nicho de atuação, você encontrará os usuários que já estão interessados, seja no seu produto ou no da concorrência, e que já estão envolvidos regularmente no seu mercado;

6 – Entregue real valor:

O valor essencial do Intagram é a sua taxa de engajamento, mas para alcançar sucesso com seu público-alvo, você precisará gerar contribuição verdadeira. Estabeleça frequência regular (sem exageros, ninguém consegue seguir um perfil que posta 50 fotos por hora), consistência e exclusividade, assim seus seguidores saberão o que e quando esperar;

7 – Promova sua marca em cada ação

Compartilhe fotos dos seus seguidores/consumidores utilizando sua marca, forneça ofertas e descontos exclusivos através da rede e apresente razões para a aquisição, por exemplo, últimas peças, aprovado pela celebridade X, oferta por tempo limitado, etc;

8 – Não pague pelo engajamento

Conquiste-o: o que faz o Instagram ser um forte aliado do engajamento da sua marca com o público certo é o envolvimento real e, nesta rede, o que realmente funciona é a lei da reciprocidade – curta, comente e siga as publicações do seu público – sugerimos testar a regra 5/3/1: ao encontrar um seguidor do seu nicho curta 5 publicações, comente 3 e ganhe 1 seguidor;

9 – Utilize o Direct:

Ativar este poderoso canal vai te aproximar e diferenciar dos concorrentes maiores que não conseguem humanizar o atendimento neste nível – dê boas vindas aos novos seguidores, esclareça suas dúvidas, ofereça cupons exclusivos, etc, mas use com moderação, respeite a privacidade dos seus seguidores – marcas bem sucedidas nesta rede conseguem vender de forma inteligente e discreta;

10 – Faça Stories Criativos:

O recurso tem alcançado ainda mais a audiência certa – pode ser através fotos divertidas e abusando das edições interativas ou vídeos relevantes – tudo que trouxer ao seu seguidor a sensação de confiança e proximidade

O Instagram é uma das redes sociais mais simples e rápidas de conseguir engajamento com o público-alvo do seu negócio, mas muitos empreendedores que estão iniciando seu perfil comercial ainda tem a falsa ideia de que precisam investir em comprar seguidores ou em manter publicações pagas com frequência absoluta. No entanto, esquecem-se do poder orgânico da plataforma. Através destes 10 passos, você VAI turbinar o perfil da sua marca sem onerar o seu começo e identificar potenciais negócios.

O que achou deste artigo? Curte, comente e compartilhe para levar essas dicas a mais iniciantes digitais! E confira AQUI se seu perfil comercial está bem configurado antes de seguir em frente.

E se ainda precisar de uma ajudinha a mais, temos pacotes especiais para te ajudar neste início, vem conversar com a gente!

Primeiras Estratégias para Ser Digital

Primeiras Estratégias para Ser Digital

Sua empresa está fora do digital e você sente culpa por isso?

Pare de sofrer e veja como com esses pequenos passos e ações a seguir você pode sim estar presente no digital investindo muito pouco.

Quantas vezes por dia você pensa que precisava de mais alguns clientes para fechar o mês e que fácil seria conseguí-los se você soubesse como divulgar seu trabalho na internet?  E dessas vezes, quantas vezes você desistiu da ideia e empurrou com a barriga, porque não teve tempo para se dedicar e fazer sozinho? E quantas vezes cogitou contratar alguém mas no final achou o investimento alto?

Não há milagre na internet. Aquele seu concorrente que aparece em todas as propagandas no Facebook, Instagram e Google, está lá por uma razão: Ele já entendeu que esse é um novo caminho e que para trilhá-lo ele precisa de ajuda – e não tenha dúvidas: ele está pagando por isso.

O NOVO MARKETING

O marketing digital nada mais é do que um novo canal de marketing. A essência é a mesma:

“Marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. Marketing identifica necessidades e desejos não realizados.” Philipp Kotler

Mas todas as ferramentas envolvidas no processo mudam. Sai a propaganda em papel, entram anúncios direcionados. Sai o manual de instruções, entram os vídeos tutoriais.

E ao entrar nesse novo canal você se depara com uma realidade assustadora: total desconhecimento e uma sensação horrorosa de exclusão digital.

Conteúdos que engajam, Identidade de marca, anúncios no facebook, Instagram e Google, análise de estatísticas, SEO, cálculo de ROI, branding, formatos de site, hospedagem, ferramentas de organização de conteúdo, técnicas de engajamento com os clientes em tempo real, social selling, email marketing, funil de vendas, gestão de redes sociais… AAHHHH! Tem que nascer de novo para saber tudo isso!!

PREPARE-SE PARA CORRER!

Para mim, o Marketing digital é tipo uma maratona – daquelas de muitos Kms – que requerem uma preparação longa, lenta e uma base sólida.

São tantos pontos que você precisa pensar que ao olhar o todo você acaba paralisado, perdido, sem saber o que fazer primeiro.

E mesmo que não haja uma “regra única” existe uma “lógica” que deve ser seguida.

Nesse post vou compartilhar as primeiras ações estratégicas e de divulgação que você pode tomar sem precisar gastar e sem ter que saber tudo o que tem por aí sobre marketing digital.

MAS ANTES, CAMINHE… e CRIE SUA PÁGINA NO FACEBOOK

Sem sombra de dúvida, para começar qualquer coisa no digital – seja uma loja online ou a divulgação dos seus serviços, é preciso ter presença confirmada no Facebook. Ponto.

A rede hoje tem nada menos do que 1.32 bilhões de usuários ativos no mundo. Desse universo, 102 milhões estão no Brasil. (Fonte Facebook) É loucura não estar presente aqui!

Com certeza você já tem seu perfil pessoal com muitos amigos, contatos, amigos de amigos e pessoas que passaram pela sua vida. Essa rede de pessoas é o seu primeiro público. São essas pessoas que vão te ajudar a alavancar o seu negócio nesse início.

Crie sua página e convide TODOS os seus amigos para curti-la. Mande o convite um por um porque não todos os seus amigos do Facebook enxergam na linha do tempo deles o que você posta e por isso acabam não sabendo que agora você tem uma página. Peça para seus amigos convidarem os amigos deles, compartilhe sua página nos seus grupos de Whatsapp, na sua linha do tempo e fale sobre sua empresa para as pessoas.

Certamente muitos de seus primeiros clientes serão pessoas que você conhece e que estão muito próximas de você. Não tenha vergonha de falar para todo mundo o que está fazendo e de pedir que compartilhem sua página com outras pessoas.

RECEBA BEM SEUS NOVOS SEGUIDORES E POSTE CONTEÚDOS ÚTEIS

Encare sua página como seu primeiro investimento no mundo digital e coloque nela todo o tempo que conseguir.

Imagine que a sua página é a sala da sua casa e você está recebendo pessoas que não te conhecem ainda.  Se apresente, converse com elas, conte sua história, ofereça ajuda e se torne um anfitrião inesquecível.

Conteúdos que são úteis é o caminho mais rápido para as pessoas conhecerem seu trabalho e principalmente você. Escreva sobre assuntos relevantes relacionados ao seu mercado. Explique como seu produto funciona através de um vídeo. Responda a perguntas, faça perguntas importantes e acima de tudo converse.

O Facebook te dá várias opções de formatos de apresentação do seu conteúdo que você pode utilizar alternadamente. Se você ainda não conhece esses formatos, dá uma olhada aqui!

O importante nessa fase é ter consistência, postando coisas legais sempre que possível.

Mas para qualquer pessoa que está começando a ser digital, o conteúdo é um fator muito desafiador. Sempre que percebo minha produtividade de conteúdo caindo, acesso meus Gurus de Marketing Digital para inspiração e principalmente orientação.

Coragem gente! Estamos só começando!

DIVULGUE SEU TRABALHO EM GRUPOS DO PRÓPRIO FACEBOOK

Antes de começar a pagar as propagandas, comece a divulgar seu trabalho nos grupos que podem ter potenciais clientes para você.

Há uma quantidade enorme de grupos abrangendo muitos assuntos e com certeza algum deles estará relacionado com seu público alvo, ou sua área de atuação ou sua cidade, estado, país.

Vale fazer um brainstorm de possíveis tipos de grupo que poderiam ter pessoas interessadas no que você está oferecendo.

Depois de pedir para participar, por favor, LEIA COM MUITA ATENÇÃO as regras do grupo antes de fazer qualquer divulgação. Nada mais chato do que ser aquele chato que faz uma divulgação fora do contexto do grupo, ou pior ainda, terminar sendo banido por que fez propaganda em um formato não autorizado.

Nessa divulgação comece contando quem é você, o que faz e porque está fazendo. Ofereça seu produto ou serviço. Se as pessoas começarem a comentar, responda os comentários delas. Seja presente, e mostre que está acompanhando o que acontece.

Grandes chances de você conseguir algum contato, parceria, um potencial cliente e até seguidores fazendo isso algumas vezes em grupos diferentes.

Você nunca sabe que resultados virão da sua ação. Mas se você não fizer nada, não existirão resultados.

Mahatma Gandhi

Agora que você já sabe como dar seu primeiríssimo passo estratégico para ter sua presença digital, é hora de praticar!

Crie sua página, convide seus amigos e divulgue seus trabalhos na rede social mais influente do planeta e conta aqui como está sendo sua experiência!

E já que estamos falando de Facebook, te convido a curtir a página da CSD por lá!

É só clicar AQUI!

Something is wrong.
Instagram token error.

Pin It on Pinterest

WhatsApp chat